terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Saudade

Sinto falta de poesias
que falem da falta,
das almas vazias,
da vontade que lhes salta

e se só em nossa lingua
existe a saudade
vamos falar em outra realidade
de uma possível felicidade
sobre nossa amizade
mesmo debaixo da tempestade
sem conter nossa ansiedade
apagar as luzes da cidade
e acabar com a comodidade
de esperar que a eternidade
sacie essa nossa vontade

e quanto mais se sinta
verás que a verdade
é que vai além da lingua
essa tal saudade

Nenhum comentário:

Postar um comentário